Renda fixa com liquidez diária: como ter melhores resultados?

Renda fixa com liquidez diária: como ter melhores resultados?

Não são apenas os investidores mais conservadores que procuram aplicar suas economias em renda fixa com liquidez diária, um investimento mais seguro e livre da volatilidade do mercado financeiro. Quando se tem um dinheiro na conta, que só será usado alguns dias para frente, a renda fixa com liquidez diária pode ser uma excelente opção na busca pela remuneração financeira.

A renda fixa com liquidez diária também pode ser uma excelente opção, por exemplo, para remunerar sua reserva de emergência. Você mantém o seu dinheiro pronto para qualquer eventualidade e investe para vê-lo crescer!

Mas como alcançar os melhores resultados ao aplicar na renda fixa com liquidez diária? Quais são os melhores fundos de renda fixa com liquidez diária? Onde investir seu dinheiro para obter a melhor remuneração? Se você pretende investir em renda fixa com liquidez diária, precisa ler este conteúdo até o fim para descobrir como ter os melhores resultados.

O que é renda fixa?

Investidores mais conservadores, que querem segurança e não se sentem nada confortáveis com a volatilidade e os riscos das aplicações em renda variável, podem optar pela renda fixa. O investimento em renda fixa é feito em títulos, públicos ou privados, que definem uma remuneração fixada por um determinado prazo de aplicação.

As taxas de remuneração podem ser pós-fixadas (quando o indexador acompanha a variação de juros), por meio de algum índice de inflação, como o IPCA, por exemplo, com acréscimo de uma taxa de juros real, ou prefixada.

A tributação de imposto de renda, quando acontece, é apenas sobre a rentabilidade da aplicação.

Quais são os tipos de investimento em renda fixa?

São vários os tipos de investimento em renda fixa, cada um com suas vantagens e adequado ao investidor conservador, que não suporta as oscilações do mercado financeiro. Destacamos, agora, os investimentos em renda fixa mais procurados do mercado.

Tesouro Selic

Os especialistas gostam de dizer que o Tesouro Direto é o investimento mais seguro porque é um título público que representa os ativos de renda fixa emitidos pelo Governo para pagamento de dívidas públicas. A rentabilidade é maior do que a oferecida pela poupança, a liquidez é diária e o investimento é considerado conservador. Por isso, é um ativo tão popular. O Tesouro Selic tem rentabilidade diária atrelada à taxa Selic, ou seja, a taxa básica de juros da nossa economia. Se a Selic sobe, a aplicação rende mais, se baixa, rende menos.

Tesouro IPCA

Neste caso, o Tesouro IPCA é um Tesouro Direto que tem sua rentabilidade atrelada à variação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo, a inflação oficial do Brasil). O Tesouro IPCA também é um investimento de renda fixa com liquidez diária.

LCI e LCA

Em tese, são a mesma coisa que os títulos públicos, porém emitidos por instituições privadas. LCIs são Letras de Crédito Imobiliário e LCAs são Letras de Crédito do Agronegócio. Os títulos são direcionados para os segmentos imobiliário e agronegócio, respectivamente. Ambas as letras são isentas de imposto de renda, o que é uma ótima vantagem.

Debêntures

São títulos emitidos por empresas que querem captar recursos. De acordo com o portal investidor.gov.br, “a debênture é um valor mobiliário emitido por sociedades por ações, representativo de dívida, que assegura a seus detentores o direito de crédito contra a companhia emissora”. Quem compra uma debênture está emprestando dinheiro para uma empresa, sendo remunerado por isso.

CDB

CDB é a sigla para Certificado de Depósito Bancário, um ativo de renda fixa com liquidez diária muito popular disponível em todos os bancos e corretoras de valores. Eles são utilizados pelas instituições financeiras para conceder empréstimos, e assim remuneram os investidores. É uma excelente opção, por exemplo, para remunerar seu fundo de reserva porque não há taxa de administração, o valor mínimo para aplicação costuma ser bem baixo e a liquidez pode ser diária. É outra das preferidas aplicaçõe entre investidores mais conservadores.

O que é liquidez diária?

Se você optar por aplicar seu dinheiro em renda fixa com liquidez diária, é importante entender este conceito. Afinal, ele pode ser fundamental na hora de escolher sua aplicação.

A liquidez de um ativo é a facilidade e a velocidade que você tem para transformá-lo em dinheiro. Ou seja, em finanças, a liquidez é a capacidade de transformar um ativo – seja ele qual for – em dinheiro vivo.

Quando um investimento tem alta liquidez, isso significa que ele tem muita facilidade e agilidade para ser negociado e transformado em dinheiro. Ao contrário, se tiver baixa liquidez, a dificuldade e a morosidade são grandes.

No caso da liquidez diária, o ativo pode ser resgatado no próprio dia (dia da semana, é bom pontuar).

Por que aplicar em investimentos com liquidez diária?

Imagine que uma boa parte do seu salário ainda está na conta, mas será utilizado para pagar, apenas no final do mês, a escola das crianças. Por que deixar este dinheiro parado? Aplicá-lo, ainda que por poucos dias, é o melhor a fazer, mas você tem que ter o cuidado de escolher uma aplicação que tenha liquidez diária, para que possa ser resgatada a qualquer momento.

Aplicar em investimentos com liquidez diária te permite remunerar seu capital pelo tempo que for, mesmo que por alguns poucos dias. Assim que você precisar daquele montante, poderá resgatar sua aplicação e dispor dele para saldar seus compromissos financeiros. Simples assim.

O que é reserva de emergência?

Você pode até não saber exatamente o que é uma reserva de emergência, ou esperar uma definição mais conceitual. Mas reserva de emergência nada mais é do que um dinheiro que você tem guardado para resolver alguma pendência inesperada, algum problema de última hora.

A reserva de emergência existe para cobrir alguma eventualidade que aconteça sem previsão. Imagina, por exemplo, se um cano da cozinha de sua casa estoura. Ou se o carro enguiça e o valor do conserto fica além do esperado. É preciso ter dinheiro na conta para resolver isso, não?

A reserva de emergência, também chamada pelos economistas de fundo de emergência, existe justamente para cobrir estes momentos.

Por que ter uma reserva de emergência?

Não dá para ficar com a cozinha interditada, nem deixar o carro na garagem se você depende dele para trabalhar, certo? Se você não tiver como pagar a obra ou o conserto do carro, vai precisar tomar um empréstimo ou usar o cheque especial. Isso significa pagamento de juros, e nunca é demais lembrar que, em geral, são altíssimos! Não vai ter jeito, senão recorrer ao banco ou a um agente financeiro.

Se você dispõe de uma reserva de emergência, você resolve o problema sem se endividar. E a resolução do problema será muito mais barata e fácil.

Como começar a montar uma reserva de emergência?

É importante deixar claro que a reserva de emergência não é sazonal. Ela deve existir continuamente. Afinal, imprevisto não marca hora para acontecer.

Ela deve ser considerada no seu planejamento financeiro. Isso significa que você deve se organizar e alimentá-la mês a mês, ou ao menos estabelecer metas a cumprir, até que alcance um valor que ache bom para resolver emergências.

Você pode, por exemplo, guardar todos os meses a quantia de cem reais até chegar ao total de R$ 3 mil, estabelecendo este o valor de seu fundo de emergência. Nunca é demais lembrar que este montante deve estar aplicado, e a renda fixa com liquidez diária é uma excelente opção porque protege seu patrimônio e permite que você acesse parte do dinheiro a qualquer momento.

Quais são os tipos de investimentos com liquidez diária?

O fato do investimento ser de renda fixa não significa que ele tem liquidez diária. Um Certificado de Depósito Bancário (CDB), por exemplo, pode ter liquidez diária, mas um prazo de carência de 90 dias para ser resgatado. Uma LCI também pode ter tal característica, por tanto atenção quando for investir em renda fixa.

Pergunte ao seu assessor se a liquidez é diária e quando você poderá resgatar o investimento. Entre outros, têm liquidez diária os CDBs, fundos DI, Tesouro Direto, letras de crédito e até mesmo as contas remuneradas, que fazem seu dinheiro render dia a dia.

Renda fixa com liquidez diária na XP

A XP oferece aos seus investidores mais de 80 opções que considera “seguras” para investir e alcançar maior rentabilidade ao aplicar em renda fixa com liquidez diária. As vantagens, aponta a corretora, são: maior segurança, liquidez, taxas competitivas, com isenção de imposto de renda, e proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até R$ 250 mil por pessoa.

Renda fixa com liquidez diária na Rico

A Rico oferece, com diferencial, corretagem zero e atendimento por WhatsApp. Em seu site, oferecer um simulador de renda fixa para aplicação em Tesouro Direto, CDB, LC, LCA, LCI e debêntures. A exceção do Tesouro Direto, onde podem ser investidos a partir de R$ 100,00, nas demais aplicações o valor mínimo exigido é de R$ 10 mil.

Renda fixa com liquidez diária no Banco Inter

O Banco Inter estimula seus clientes que querem investir com segurança a optar pela renda fixa com liquidez diária. Entre outras aplicações, oferece preferencialmente CDBs, LCIs, LCAs, Tesouro Direto CRIs, CRAs e Debêntures. Recentemente, o banco criou o cashback para fundos de investimento: ao investir em um fundo pelo aplicativo do banco, o investidor recebe uma parte do dinheiro de volta.

Quais os melhores fundos de renda fixa com liquidez diária?

O portal Valor Investe, do Grupo Globo, produziu uma reportagem apontando os melhores fundos de renda fixa em 2022. A pesquisa partiu de uma análise de nada menos do que 2.733 fundos de renda fixa e os dados analisados vão do primeiro dia útil do ano té 12 de maio. Os dez melhores fundos, de acordo com a rentabilidade, são:

1) G5 CC Investimento no Exterior FI Renda Fixa Crédito Privado

2) Kinea Estratégia Investimento no Exterior FI Renda Fixa

3) NC Prev Investimento no Exterior FI Renda Fixa

4) Itaú Optimus Off Prev Investimento no Exterior FI Renda Fixa

5) Itaú Master Short Duration Pré 3x FI Renda Fixa

6) Itaú Short Duration Pré 3x Fic Renda Fixa

7) Lgcy FI Renda Fixa

8) Fênix FI Renda Fixa Crédito Privado

9) Bram Sena FI Renda Fixa

10) Western Asset Prev Invest FI Renda Fixa Crédito Privado

Leia mais: Como investir em ações: torne-se sócio das maiores empresas do mundo

Aulas sobre o Mercado de Opções

Como fazer análise dos gráficos para operar opções

Nesta aula gratuita vou te explicar analisar gráficos para operar opções e como funciona o comportamento…

Como multiplicar os dividendos das suas ações

Vou te ensinar como utilizar o mercado de opções para multiplicar os dividendos das suas ações

Como usar estatística para operar opções

Tenha alta taxa de acerto com ganhos expressivos. Nesta aula você vai entender como usar estatística…

Você pode se interessar

B3SA3: Essa ação pode subir 186%

Hoje eu quero trazer para você a análise quantitativa de um ativo que acompanhamos bastante aqui…

Renda Fixa: como utilizar para fazer venda de PUT?

Você sabia que é possível utilizar seus títulos de renda fixa para potencializar os seus ganhos…

Como usar as opções para potencializar sua carteira

Eu trabalho no mercado financeiro há 15 anos já, sendo 12 deles com o mercado de…