Ações nos EUA: Como encontrar as melhores empresas para investir

Estamos entrando no segundo semestre de 2024 e, se tem uma coisa que todo investidor percebeu, é que investir em ações nos EUA deixou de ser luxo para se tornar uma necessidade.

Essa é uma tendência que começou já há algum tempo, mas que ficou muito mais forte nesse ano graças à inconsistência da economia brasileira.

Os grandes investidores, responsáveis ou mesmo amparados por grandes fundos de investimento, já fazem esse tipo de diversificação há muito tempo.

Porém, o pequeno investidor, que ainda está dando seus primeiros passos no mercado financeiro, pode não saber por onde começar.

Por isso, decidi fazer esse conteúdo, mostrando como você pode investir lá fora, começando pela seleção de empresas.

E caso você queira saber mais sobre como dar os próximos passos, deixo AQUI o meu e-book gratuito “Renda em Dólar com Ações“, que mostra desde a abertura de conta lá nos EUA até como gerar renda em dólar.

Análise de Ações nos EUA

Para fazer a nossa análise de empresas dos EUA, eu vou utilizar o site Stock Analysis.

Nele, você consegue fazer as principais análises de performance e risco de forma totalmente gratuita.

Ao abrir o site, você vai se deparar com o menu esquerdo lateral, onde vai encontrar os seguintes campos: Stocks e Stock Screener.

Fonte: Stock Analysis

Essa feature lista todas as empresas que são negociadas lá no mercado americano, ou seja, mais de 5000.

Fonte: Stock Analysis

A partir daqui, iremos utilizar alguns filtros para entender como está a performance e o risco de algumas empresas.

Passo 1: EPS Growth dos últimos 5 anos

Clicando em “+ Add Filters“, iremos selecionar o filtro EPS Growth 5Y.

Esse filtro nos mostra como está sendo o comportamento do indicador Lucro por Ação nos últimos 5 anos.

Fonte: Stock Analysis

É possível utilizar ainda o filtro auxiliar para determinar a porcentagem de crescimento desejada (10% acima, 20% acima, etc).

Fonte: Stock Analysis

Note como o número de empresas listadas cai quando começamos a determinar alguns indicadores mínimos.

Passo 2: Return on Capital dos últimos 5 anos

Seguindo em frente, fazemos a análise do Retorno sobre o capital dos últimos 5 anos, para entender se a empresa tem perspectiva de crescimento.

Fonte: Stock Analysis

Para esse filtro, é ideal escolhermos um retorno que esteja pelo menos acima dos 10%, que representa o mínimo de custo que a empresa tem sobre o seu capital.

Porém, vou colocar aqui no nosso exemplo um valor de retorno acima dos 20%.

Fonte: Stock Analysis

Passo 3: Profit Margin

O próximo indicador que vamos analisar é a margem de lucro das nossas empresas, selecionando aquelas que possuem uma margem acima dos 10%.

Fonte: Stock Analysis

Fonte: Stock Analysis

Passo 4: Current Ratio

Para garantir que a empresa que vamos selecionar não corre nenhum risco de insolvência, buscamos ações cuja Liquidez Corrente seja acima de 1.

Fonte: Stock Analysis

Fonte: Stock Analysis

Passo 5: Debt/EBITIDA

Esse indicador vai nos mostrar em quanto tempo de geração de caixa a empresa consegue quitar as suas dívidas.

Aqui, procuramos selecionar empresas que tenham esse indicador abaixo de 2 anos.

Fonte: Stock Analysis

Fonte: Stock Analysis

Passo 6: Interest Coverage

O Interst Coverage, ou Índice de Cobertura de Juros, nos mostra quantas vezes uma empresa consegue cobrir as suas dívidas com a quantidade de caixa gerado.

Nesse caso, podemos filtrar os nossos resultados para empresas que tenham esse índice acima de 10 vezes.

Fonte: Stock Analysis

Fonte: Stock Analysis

Passo 7: Free Cash Flow

Por fim, nosso último indicador nos mostra o Fluxo de Caixa Livre da empresa, que mostra o quanto sobra de capital livre para os acionistas uma vez que todos os custos operacionais são pagos.

É interessante que esse indicador seja pelo menos maior do que zero, mas preferencialmente, crescente e consistente.

Fonte: Stock Analysis

Fonte: Stock Analysis

Resultado Final

Após a determinação de alguns valores mínimos para os nossos principais indicadores de performance e risco, diminuímos a nossa lista de mais de 5.000 ações para 31.

Lembrando sempre que, antes de fazer uma lista de ações para sair comprando, é preciso fazer a análise detalhada dos seus indicadores principais de performance, risco e preço.

Aulas sobre o Mercado de Opções

Você pode se interessar

Ações nos EUA: Como encontrar as melhores empresas para investir

Estamos entrando no segundo semestre de 2024 e, se tem uma coisa que todo investidor percebeu,…

Como usar a compra de CALL para ter ganhos exponenciais

Nós falamos bastante sobre estratégias como venda de PUT ou venda de CALL para rentabilizar a…

BABA: a ação que está pagando 2,07% por semana na venda de PUT

Um dos ativos que temos trabalhado bastante no mercado americano é o BABA, da empresa Alibaba.…