Fabio Baroni: o que te faz enriquecer na bolsa?

Fabio Baroni: o que te faz enriquecer na bolsa?

Você já deve ter ouvido falar no Luiz Barsi… mas já pensou como seria se você tivesse sido treinado por ele desde os 16 anos? Isso é o que aconteceu com Fabio Baroni, que hoje é um dos grandes nomes por trás do Ações Garantem o Futuro.

Conheça a trajetória e os ensinamentos do especialista de investimentos no novo episódio do At The Money, em um papo super descontraído sobre bolsa de valores, dividendos, estratégias para enriquecer e política. Veja a seguir:

Quem é Fabio Baroni?

Fabio é um dos investidores financeiros mais famosos do Brasil. Operando no mercado de capitais desde 2004, ele é sócio do projeto Ações Garantem Futuro (AGF) ao lado de Felipe Ruiz e Louise Barsi, e busca democratizar a Bolsa de Valores com o método de Luiz Barsi. 

Guia Do Iniciante em Opções

Como sair do zero e dar seus primeiros passos no mercado de opções

Na infância se dedicou ao basquete, mas teve que deixar o esporte por conta de quadros de saúde – mesmo depois de ganhar títulos nas categorias mirins. No entanto, levou o que aprendeu com o basquete (disciplina, foco, confiança) para a vida profissional e começou a trabalhar e guardar dinheiro na poupança. 

Ainda estagiário, com 16 anos de idade, teve contato com a filosofia de Luiz Barsi, o que mudou sua visão na Bolsa de Valores e sua forma de operar. Seu objetivo era viver de dividendos, sem precisar trabalhar para sobreviver e, através de uma corretora, começou a operar como trader. 

Atuante da B3 e com muita experiência, Fabio Baroni se tornou um especialista em dividendos e tem um curso focado em uma de suas principais estratégias como investidor, a carteira previdenciária.

A carteira previdenciária

Pensando em montar uma carteira focada na independência financeira. Fabio tem como estratégia manter entradas estáveis em ações na bolsa de valores que possam render constantes dividendos.

“A melhor coisa que você faz, na minha visão, é comprar uma empresa e nunca mais vender”, pontuou o especialista.

Antes, porém, é preciso avaliar alguns conceitos básicos para comprar qualquer ativo. O investimento precisa ser em uma empresa pagadora de dividendo que está dentro de um bom setor e negociando a um bom preço.

Segundo ele, se você identificar esses pontos na empresa que está sendo avaliada, então pode comprar e não vendê-la mais. A ideia é tirar as ações do mercado e mantê-las na carteira para sempre – ou até a empresa perder os fundamentos.

Recomendado para você

Como multiplicar seus dividendos por 4x ou mais, gastando menos que 5 minutos por mês

✅ Mesmo que suas ações não estejam pagando dividendos

✅ Mesmo com suas ações caindo

✅ Mesmo que tenha pouco dinheiro para começar

Quero Saber Mais

No fundo, viver de dividendos é isso: acumular ações por um longuíssimo prazo. 

Baroni alerta que, por via de regra, quem começar a seguir esse caminho não vai conseguir pagar suas contas nos primeiros anos, especialmente se iniciar com pouco dinheiro. Isso porque esse é um jogo de longo prazo.

“Você vai ser provado todos os dias na bolsa de valores, vai duvidar de você mesmo e da sua estratégia o tempo inteiro [porém,] em algum momento, o dividendo vai começar a pagar seu custo de vida e ainda sobrar para você comprar mais, e fazer a bola continuar girando”.

Por isso, é preciso ter paciência, confiar muito no que você está fazendo, e confiar que aquelas são empresas boas e que a longo prazo vai dar certo. 

Critérios de Fabio Baroni para avaliar se a empresa é boa

Quando questionado, o especialista explica que a empresa é um organismo vivo. Ter isso em mente é de extrema importância para entender o mercado de ações e ter investimentos de sucesso.

Segundo Fabio, é possível avaliar uma empresa por dois vieses: como uma fotografia ou como um filme. Na fotografia, você vê apenas o momento atual da empresa. Mas se optar por olhá-la como um filme – o que ele mesmo gosta de fazer – você avaliará todo o histórico.

Existem três pontos que podemos olhar para facilitar essa análise: porcentagem de dividendos, comportamento dos administradores e setor da empresa.

Porcentagem de dividendos

A ideia é avaliar os dividendos pagos através dos anos. Para isso, você olha o histórico da empresa e determina a evolução do preço nominal e do pagamento de dividendos nos últimos 5 anos. 

Com isso, é só tirar o ajuste, e se tiver um resultado em um entorno de 6%, já é um bom indício de que essa é uma boa empresa para se ter em carteira.

Comportamento dos administradores

No segundo ponto, basta olhar para como os administradores da empresa se comportaram diante os acionistas.

Eles sempre deram valor aos acionistas? Nunca os sacanearam? Investem em bons projetos constantemente? 

Perguntas como essas são ótimas para fazer essa avaliação.

Setor da empresa

Por fim, sempre olhe para o setor em que aquela empresa atua. 

Existem setores que são extremamente previsíveis e, portanto, mais tranquilos para o investidor. Fabio comenta que ele segue a estratégia BESST: um compilado de setor à prova de balas composto por: Banco, Energia, Saneamento, Seguro e Telecom.

Segundo ele, empresas desses setores normalmente são mais resilientes à crise e, por isso, oferecem menos riscos. O que não significa, porém, que suas ações vão ficar em linha reta o tempo todo.

O mercado não é linear e sempre pode cair, por mais resiliente que seja. E entender isso é a maior dificuldade dos investidores na bolsa.

Os desafios da estratégia

O especialista aponta que o investidor já sabe a estratégia para enriquecer na bolsa: comprar e segurar, mas é o “seguir o plano” que é o mais desafiador. 

Como Gerar Renda Semanal em Dólar

Condição especial de lançamento do Opções e Oportunidades USA

Justamente porque na economia sempre vai ter momentos bons e momentos ruins e as empresas vão passar por turbulências. Então, o investidor precisa ser paciente por vários anos. 

Além disso, em momentos de queda, é importante fazer novos aportes nas empresas que você já determinou que são boas. E, em momentos de alta, não vendê-las – e sim mantê-las.

É dessa maneira que você vai chegar à liberdade financeira, já que vai sempre ganhar dividendos e não precisará pagar imposto.

A volta da tributação de dividendos no Brasil afetaria a estratégia?

De acordo com Fabio Baroni, a estratégia de Barsi – utilizada na AGF e em sua carteira previdenciária – funciona desde 1970, quando os dividendos ainda eram tributados no Brasil. 

Por isso, o especialista explica que isso não seria um problema para a estratégia e nem afetaria a rentabilidade da carteira. Ainda assim, Fabio não acredita na volta da tributação dos dividendos.

“É muito fácil [para] os políticos falarem que o Brasil precisa tributar dividendos porque é um dos únicos países que não tributa dividendos [no entanto] o país tem a maior carga tributária do planeta para empresários.”

Além disso, são pouquíssimos os acionistas que vivem de dividendos – a maioria dos investidores da bolsa não tem nem R$10 mil alocados.

Por isso, uma possível volta da tributação dos dividendos seria um tiro no próprio pé, já que as empresas perderiam o interesse em investir no Brasil e isso afetaria a geração de empregos no país.

Então, caso aconteça, Baroni considera que haveria em conjunto uma contrapartida violenta – como algum outro desconto em outra linha de imposto.

Livros recomendados

No podcast, Fabio também recomendou dois livros para quem está querendo se aventurar pelo mundo de investimentos:

  • Ricos, Sábios E Felizes de William Green.
  • O rei dos dividendos, de Luiz Barsi 

Recado para quem está iniciando

Para fechar o bate-papo, Fabio Baroni afirma que o caminho mais rápido no mercado financeiro é o mais devagar

Segundo ele, a bolsa sozinha não deixa ninguém rico, é preciso muito esforço e muito trabalho para multiplicar seu dinheiro de forma consistente.

“A construção é tijolo por tijolo, erro por erro, é uma tortura e não tem emoção, mas uma hora você vai conseguir.” 

Mesmo que você comece com R$100 todo mês, aos poucos você vai conseguir aportar um pouco mais, estipular mais objetivos e fomentar mais metas. E com constância e paciência, no longo prazo, você vai prosperar.

Mas lembre-se: não existe certo e errado, existem estômagos e estômagos.

E você… tem estômago para mexer com renda variável?

Deixe lá nos comentários! Se quiser acompanhar as edições futuras do podcast, clique aqui e inscreva-se agora. Todo domingo, às 19h em ponto, tem edição nova – e durante a semana, os cortes com os melhores momentos de cada edição.


Sobre o At The Money

Investimentos, empreendedorismo e a história das pessoas que estão, de fato, no dinheiro. 

O At The Money é o podcast da Invius Research apresentado pelos fundadores Leo Dutra e Jehniffer Santana. Nele, trazemos convidados de várias áreas diferentes, mas com ideias de alto valor para serem compartilhadas.

QUERO ACOMPANHAR O AT THE MONEY

Aulas sobre o Mercado de Opções

Como fazer análise dos gráficos para operar opções

Nesta aula gratuita vou te explicar analisar gráficos para operar opções e como funciona o comportamento…

Como multiplicar os dividendos das suas ações

Vou te ensinar como utilizar o mercado de opções para multiplicar os dividendos das suas ações

Como usar estatística para operar opções

Tenha alta taxa de acerto com ganhos expressivos. Nesta aula você vai entender como usar estatística…

Você pode se interessar

B3SA3: Essa ação pode subir 186%

Hoje eu quero trazer para você a análise quantitativa de um ativo que acompanhamos bastante aqui…

Renda Fixa: como utilizar para fazer venda de PUT?

Você sabia que é possível utilizar seus títulos de renda fixa para potencializar os seus ganhos…

Como usar as opções para potencializar sua carteira

Eu trabalho no mercado financeiro há 15 anos já, sendo 12 deles com o mercado de…