Como escolher as ações com maior potencial de valorização

Como escolher as ações com maior potencial de valorização

Dentre as inúmeras possibilidades e oportunidades que o mercado financeiro oferece, os investimentos em renda passiva são uma das principais e que mais geram dúvidas aos investidores. 

Pensando nisso, neste artigo vamos abordar de forma detalhada os diversos aspectos que fazem parte da construção de uma carteira de renda passiva com grande potencial de valorização. 

O material utilizado como base na elaboração desse artigo é o conteúdo da live feita em nosso canal da Invius (vídeo aqui), por isso, recomendamos assisti-la assim que possível para obter ainda mais informações sobre o tema. Fique conosco e acompanhe a seguir.

Estrutura de capital

A primeira etapa na construção de uma boa carteira de investimentos é a montagem de uma estrutura de capital consistente. 

Essa estrutura é dividida em 3 grandes blocos: Reserva de emergência, Reserva de oportunidades e Renda passiva. O aglutinado destes blocos é o que chamamos de Técnica REOP.

Reserva de Emergência

A reserva de emergência é direcionada para cobrir os custos com eventualidades. Nesse contexto, é recomendado que o capital deste bloco fique alocado em ativos de alta liquidez como por exemplo, o tesouro SELIC ou CDB de liquidez diária. Não é recomendado deixar muito capital neste bloco, somente o essencial.

Reserva de Oportunidade

A reserva de oportunidade corresponde ao capital que é alocado para aproveitar oportunidades que podem aparecer no mercado financeiro de forma repentina.

Recomendamos que enquanto você não investe na compra das ações de boas empresas, mantenha seu capital no mercado de opções onde trabalhamos com objetivo de obter uma renda recorrente e gerar caixa para comprar ações e acelerar o processo de construção de patrimônio.

Renda passiva

São aqueles títulos e investimentos em que trabalhamos sempre mirando no médio e longo prazo. Como o próprio nome diz, a renda passiva é aquela que não demanda que o investidor atue ativamente no mercado para gerar um fluxo de dividendos. Por exemplo, quando compramos uma ação de uma boa empresa, que gera lucro, e este lucro vem aumentando, você também passará aumentar sua rentabilidade sem realizar qualquer movimentação. 

A renda passiva, é quem vai contribuir principalmente para a sua independência financeira, que é quando o investidor atinge um patamar em seus investimentos em que o valor pago pelos seus títulos de maneira passiva são suficientes para garantir todos os seus gastos.

Dentre as opções disponíveis de renda passiva, temos diversos tipos de ativos, por exemplo, títulos de renda fixa, fundos de investimento imobiliário e ações de empresas lucrativas. 

Construção da renda passiva

A construção de uma renda passiva relevante se dá principalmente através da compra de ações de empresas lucrativas, principalmente no longo prazo. Apesar disso, existem oportunidades de grandes valorizações em ações também no curto prazo. 

Para encontrar boas ações com grandes potenciais de valorização não basta apenas avaliar os valores pagos de dividendos no presente momento, é necessário avaliar também o efeito dos dividendos ao longo do tempo, tendo em vista que uma empresa pode tornar-se mais lucrativa ao longo do tempo, nesse sentido, seu histórico é muito relevante.

A melhor e mais barata proteção que podemos ter para nossas ações no mercado financeiro são: manter uma carteira diversificada com várias empresas e procurar comprar bons ativos por bons preços, pois sempre que acontece um ciclo de baixa no mercado onde ações desvalorizam com movimentações de queda mais expressivas, nos abre a oportunidade para nos posicionarmos em diversos setores da economia.

Como comprar bons ativos por bons preços

A análise para encontrar boas empresas por bons preços passa pelo entendimento de que existem empresas que são mais sólidas, ou seja, que possuem um resultado mais consistente com lucro líquido crescente e empresas com alta capacidade de turnaround, ou seja, de ter altas valorizações no futuro breve. É válido ressaltar que o turnaround muitas vezes acontece em boas e sólidas empresas, mas que estão passando por momentos de dificuldade, no entanto, isso não é algo garantido.

O primeiro passo para avançar na seleção dessas empresas para investimento é realizar uma análise qualitativa superficial através da filtragem de empresas que possuam algumas características. Veja abaixo: 

  • Lucro líquido consistente (nos últimos 5 a 10 anos).
  • Lucro líquido crescente (opcional).
  • Patrimônio líquido crescente.

 

Encontrar empresas que tenham as características acima é muito importante para garantir que estamos investindo em uma empresa de fato lucrativa, que ao longo de sua história passou momentos de crise, por diversos ciclos e manteve-se viva e gerando caixa, ou seja, tem maior grau de confiabilidade. O patrimônio líquido também é importante, pois na medida em que a empresa cresce, também adquire mais patrimônio líquido e passa a não depender somente do capital de terceiros para viabilizar sua operação.

Uma forma de obter informações relevantes e indicadores sobre as empresas analisadas é por meio do site fundamentus.com.br, que é um sistema on-line que disponibiliza informações financeiras e fundamentalistas das empresas listadas em ações listadas na Bovespa. 

A fim de tornar palpável a identificação de uma boa ação, separamos abaixo alguns gráficos relevantes retirados do site fundamentus da ação CARD3, CSU Cardsystem SA do mercado de soluções tecnológicas. 

Abra o site e busque a empresa desejada

Ao abrir o site, basta procurar pela barra de busca localizada no canto superior direito da página.

Site Fundamentus

Acesse o demonstrativo de resultados

Ao carregar a tela com o resumo das informações da ação, acesse a área de gráficos e clique em “demonstrativos de resultados”. 

Demonstrativo de resultados

Acesse os gráficos

Role a página para baixo e acesse os gráficos.

Gráficos de resultados e lucro

Nos gráficos acima podemos observar que a empresa possui um patrimônio líquido consistente nos últimos 10 anos. Com essa análise podemos concluir que esta é uma empresa confiável. 

Além disso, é possível observar no gráfico um turnaround ocorrido logo após uma queda em janeiro de 2014, ou seja, os investidores que compraram ações neste período obtiveram grandes lucros depois de algum tempo. Quanto maior o aporte de capital que o investidor for realizar, mais importante é que este faça uma análise mais aprofundada da empresa como um todo, afinal, é necessário conhecer bem as empresas das quais você se tornará sócio. 

Como saber se o ativo está caro ou barato?

O segundo passo na avaliação da ação é identificar se o preço da ação está barato ou caro. Para isso, é necessário realizar a análise do histórico de preços da ação, nesse sentido, caso a empresa venha apresentando uma movimentação de queda expressiva, esta é uma boa oportunidade para comprá-la. 

Entretanto, antes de comprar a ação também é importante analisar o indicador fundamentalista de valor patrimonial por ação. Uma empresa que, por exemplo, possui valor patrimonial por ação de R$5,93, se liquidasse seu patrimônio, sobraria para cada acionista este valor. 

Outro indicador importante para avaliarmos é o histórico do P/VP, que é o preço dividido pelo valor patrimonial por ação, o que indica quanto o mercado está disposto a pagar sobre o patrimônio líquido da empresa. O P/VP pode ser um forte indicativo de que uma empresa está descontada, pois quanto menos o mercado está disposto a pagar, mais barata será esta ação.

O terceiro passo é analisar expectativas, o que consiste em aprofundar os estudos do negócio da empresa e seu histórico. Além disso, é importante analisar o setor, as opiniões positivas e negativas do mercado sobre a empresa, ler o balanço e identificar as expectativas da empresa para o futuro. 

E aí, está se sentindo mais confiante para começar suas análises para identificar as melhores oportunidades para sua carteira de investimentos? Se sim, vá em frente, mas fique a vontade para saber mais sobre esse tema assistindo a live na íntegra!

Aulas sobre o Mercado de Opções

Como fazer análise dos gráficos para operar opções

Nesta aula gratuita vou te explicar analisar gráficos para operar opções e como funciona o comportamento…

Como multiplicar os dividendos das suas ações

Vou te ensinar como utilizar o mercado de opções para multiplicar os dividendos das suas ações

Como usar estatística para operar opções

Tenha alta taxa de acerto com ganhos expressivos. Nesta aula você vai entender como usar estatística…

Você pode se interessar

B3SA3: Essa ação pode subir 186%

Hoje eu quero trazer para você a análise quantitativa de um ativo que acompanhamos bastante aqui…

Renda Fixa: como utilizar para fazer venda de PUT?

Você sabia que é possível utilizar seus títulos de renda fixa para potencializar os seus ganhos…

Como usar as opções para potencializar sua carteira

Eu trabalho no mercado financeiro há 15 anos já, sendo 12 deles com o mercado de…