7 maneiras para gerar renda com uma ação

7 maneiras para gerar renda com uma ação

A renda variável oferece uma possibilidade de valorização no longo prazo que dificilmente é oferecida pela renda fixa.

Desde 1967, ano de seu lançamento, o Ibovespa – mesmo com as limitações deste indicador, apresentou um retorno de 2.387%, contra 1.062% do CDI.

Existem ações boas e ruins, baratas e caras, o segredo está em uma boa escolha, baseada em fundamentos e na qualidade da gestão.

O ideal que os analistas e investidores buscam é encontrar ações de boas empresas a preços justos ou descontados.

Além disto, as ações possibilitam a geração de renda de várias formas.

Veja abaixo uma lista de 7 maneiras que uma ação pode te permitir gerar renda.

Guia Do Iniciante em Opções

Como sair do zero e dar seus primeiros passos no mercado de opções

1 – Dividendos

Todas as empresas que apresentam lucro distribuem parte dele para os acionistas. No Brasil, temos exemplos recentes de dividendos gigantescos, como a PETR4 e a VALE3. Além disto, os dividendos aqui são isentos de IR (por enquanto).

Dividendos são pagamentos em dinheiro ou em ações feitos pelas empresas aos seus acionistas como uma forma de distribuir os lucros obtidos. Esses pagamentos são geralmente feitos regularmente, a cada trimestre, semestre ou ano, e são calculados com base no desempenho financeiro da empresa.

Temos uma aula gratuita para você aprender como multiplicar os dividendos das suas ações.

2 – Juros sobre o capital

O juros sobre capital é uma invenção brasileira, onde o pagamento de JCP (Juros sobre Capital Próprio) é lançado como uma despesa financeira, e isto diminui o lucro que servirá de base para o pagamento de Imposto de Renda pelas empresas.

Para o acionista, o JCP é tributado em 15%.

Juros sobre o capital é um tipo de remuneração paga pelas empresas aos seus acionistas como uma forma de remunerar o capital investido na empresa. Essa remuneração é calculada com base no valor do capital investido pelos acionistas na empresa e é paga em dinheiro.

Ao contrário dos dividendos, que são uma distribuição dos lucros da empresa, os juros sobre o capital são considerados uma despesa para a empresa e são dedutíveis do imposto de renda. Isso significa que, para a empresa, o pagamento de juros sobre o capital é uma forma de obter financiamento com custos mais baixos do que outras fontes de capital, como empréstimos bancários.

Recomendado para você

Como multiplicar seus dividendos por 4x ou mais, gastando menos que 5 minutos por mês

✅ Mesmo que suas ações não estejam pagando dividendos

✅ Mesmo com suas ações caindo

✅ Mesmo que tenha pouco dinheiro para começar

Quero Saber Mais

3 – Bonificação

A empresa distribui mais ações para os acionistas, através da incorporação de reservas e lucros no patrimônio.

Por exemplo, em 2022 o Bradesco bonificou os acionistas em 10%: quem tinha 100 ações passou a possuir 110 ações.

4 – Direito de subscrição

É um benefício que assegura aos atuais acionistas de uma companhia o direito de adquirir, com preferência, novas ações emitidas por ela na mesma proporção da posição que já detém.

Isto evita a diluição de sua participação na empresa, e garante que a distribuição de dividendos seja mantida.

Além disto os direitos de subscrição podem ser negociados.

5 – Recompra de ações

A empresa recompra as próprias ações e as cancelam ou colocam na custódia da tesouraria. Com isto a participação do acionista no capital da empresa aumenta, o que gera um aumento dos dividendos futuros.

É uma prática muito comum no mercado americano, mas empresas brasileiras também adotam esta prática.

Recomendado para você: Como Escolher As Melhores Ações da Bolsa.

6 – Aluguel de ações

As corretoras oferecem o serviço de aluguel das ações em sua custódia, para que outros investidores operem vendidos (apostando na queda das ações).

Este serviço, conhecido como Custódia Remunerada, permite que o acionista continue recebendo os dividendos normalmente.

7 – Dividendo Sintético

As opções podem ser utilizadas para gerar uma renda extra com as ações de sua carteira.

Ao vender uma CALL em um strike acima do seu preço de aquisição da ação, você recebe um prêmio e assume a obrigação de vender a ação, caso a cotação no vencimento da CALL esteja acima do strike. Este prêmio é conhecido como Dividendo Sintético.

Se a cotação estiver abaixo do strike no vencimento, a CALL deixa de existir (“vira pó”), extinguindo a sua obrigação. E este processo poderá ser repetido nos próximos vencimentos, gerando uma renda recorrente.

Se a cotação estiver acima do strike no vencimento, você ganhará com a venda da ação e também com a taxa recebida.

Vamos ver um exemplo prático disto: suponha que você possua 1000 ações da Petrobrás (PETR4) ao preço de aquisição de R$20,00. Poderia vender 100 CALL na região de 1 desvio padrão, o que representaria por volta de 15% de probabilidade de ser exercido.

Receberia uma taxa de R$15,00 (menos as taxas) e caso exercido, teria que vender 10% das ações por R$30,01. Caso não fosse exercido, ficaria com a taxa e repetiria o processo no vencimento seguinte.

Veja que, embora seja baixo, existe o risco de ter que entregar as ações (ou parte delas). Por isto, antes de montar o Dividendo Sintético é preciso avaliar se está disposto a correr este risco.

O dividendo sintético também é uma forma eficiente de manter a sua carteira de ações balanceada. Suponha que você não deseje concentrar mais que 20% do seu capital em uma única ação de sua carteira. Se uma ação passar deste limite, você pode vender CALL desta ação, de modo que, se for exercido, entregará parte das ações e reestabelecerá a alocação ideal.

Recomendado para você: Dividendos Sintéticos: aspectos que você deve saber

Como posso gerar renda com ações e opções?

A compra de ações de boas empresas possibilita uma grande valorização no longo prazo, onde a cotação tende a acompanhar os lucros e o crescimento.

Mas além desta valorização, também é possível rentabilizar as suas ações, como vimos aqui.

No Brasil, uma parcela de investidores conseguiram se manter tranquilos frente ao caos de 2022.

Mas o que esses investidores têm de diferente dos demais?

A diferença desses investidores para os demais é que eles enxergam nos problemas uma oportunidade.

Essa é uma possibilidade que o mercado de opções nos proporciona.

Independente se o mercado está subindo, descendo ou mesmo “parado”, existem estratégias para ter resultados com essas movimentações.

Você ainda não acredita?

Então dá uma olhada nos nossos resultados de 2022:

Apesar de tudo o que aconteceu, os assinantes do Opções e Oportunidades tiveram um retorno acumulado de 26.74% no ano de 2022.

E o ano de 2023 promete ainda mais.

Quero te convidar para a condição especial do nosso clube de recomendações.

Se você tem interesse em ingressar no mercado de opções e começar a gerar renda recorrente já no próximo mês, basta clicar no botão abaixo e você pode testar por 7 dias sem riscos.

Quero Fazer Parte do Seleto Grupo do Canal De Recomendações Opções e Oportunidades

Aulas sobre o Mercado de Opções

Você pode se interessar

Ações nos EUA: Como encontrar as melhores empresas para investir

Estamos entrando no segundo semestre de 2024 e, se tem uma coisa que todo investidor percebeu,…

Como usar a compra de CALL para ter ganhos exponenciais

Nós falamos bastante sobre estratégias como venda de PUT ou venda de CALL para rentabilizar a…

BABA: a ação que está pagando 2,07% por semana na venda de PUT

Um dos ativos que temos trabalhado bastante no mercado americano é o BABA, da empresa Alibaba.…