Quais as melhores estratégias para gerar renda em 2023?

O ano de 2023 está sendo bem emocionante para o mercado financeiro em geral, tanto no Brasil quanto no exterior.

E uma dúvida que acaba surgindo bastante é “O que tá gerando melhor renda aí no mercado de opções?” e “O que vocês estão utilizando de estratégias que estão funcionando melhor nesse processo de renda?“.

Lá no Opções e Oportunidades USA, o nosso canal de recomendações nos Estados Unidos, chegamos a gerar mais de 10% de renda.

Isso acontece porque nos EUA temos diversos fatores interessantes, como vários ativos com liquidez nas opções.

Além disso, temos também vencimento semanal de opções, o que facilita bastante para que a gente consiga trabalhar nesse processo de geração de renda.

Temos algumas estratégias que são as campeãs de resultados e é sobre elas que vamos falar hoje: as melhores estratégias para gerar renda em 2023!

Existe uma concepção bem interessante criada pelo Warren Buffett, que é a diferenciação entre as estratégias ganha/ganha e as estratégias perde/ganha.

Inclusive, o próprio Warren Buffett utilizou muito dessas estratégias ganha/ganha para gerar renda na carteira dele, o que fez com que ele conseguisse comprar as ações da Coca Cola por um preço muito abaixo do de mercado.

Mas o que são essas estratégias ganha/ganha e perde/ganha?

Imagina que você tem duas carteiras: uma carteira de ações, na qual você deixa o seu volume de capital, e uma carteira de opções, na qual você deixa o dinheiro destinado para operar opções.

Nas estratégias ganha/ganha, você acaba delegando o risco para as ações, ou seja, normalmente você recebe dinheiro em troca de ter que comprar ou vender uma ação.

Então, o seu dinheiro pode ficar transitando entre essas duas carteiras, entre a carteira de opções e a carteira de ações. Dessa forma você sempre ganha dinheiro nas opções, o que é muito interessante porque você consegue abater o custo de compra de aquisição de um determinado ativo.

Isso faz com que o seu retorno aumente, o seu risco diminua e você consegue melhorar significativamente a rentabilidade da sua carteira no mercado, como diversos estudos já mostraram.

O grupo Goldman Sachs mostrou através de um estudo de 16 anos em cima dessas estratégias, obtendo uma rentabilidade 3x superior se comparada simplesmente a comprar um ativo.

Um estudo da TastyTrade também mostrou um retorno cinco vezes maior com três vezes menos risco.

Ou seja, são excelentes estratégias desde que você tenha cuidado na seleção de ativos.

Como delegamos o risco para as ações, é importante escolhermos um ativo:

  • de uma boa empresa
  • com uma boa performance
  • com baixo risco
  • comprado a um valor descontado por um bom preço

Levando em conta tudo isso, em primeiro lugar vamos falar sobre a estratégia de lançamento sintético, mais conhecido como venda de PUT.

Essa é uma estratégia que ficou bastante conhecida no Brasil depois de 2018 e que funciona da seguinte forma:

Imagina que você pega o Banco do Brasil, por exemplo,  e vende uma PUT a um valor de exercício de R$46,08 e é obrigado a comprar a ação se o mercado cair nessa região dos R$46,08.

Então você delega o risco para a ação.

Lembrando que o risco de longo prazo é a probabilidade de se ter uma perda permanente, o que só aconteceria nesse caso se a empresa viesse à falência.

Dessa forma, conseguimos atribuir um retorno que seja significativo com baixo risco, atribuindo o retorno ao preço e o risco ao valor da companhia.

Obviamente aqui no Brasil temos cenário onde a volatilidade está bem baixa, pelo menos no presente momento. Então as taxas recebidas nas vendas de PUT acabam sendo bem baixas também.

Mas no mercado americano, como temos muitas empresas sendo negociadas por bons preços, com volatilidade e liquidez maiores, além é claro dos vencimentos semanais, essa estratégia tem dado excelentes resultados.

De março até início de julho, tivemos um retorno de 18,57% com essa estratégia.

Agora vamos falar sobre a estratégia de Jade Lizard.

Conforme comentamos no início desse artigo, nós temos estratégias ganha/ganha e estratégias perde/ganha.

As estratégias perde/ganha são estratégias especulativas, nas quais no final de período de aplicação você terá mais ou menos dinheiro.

Aqui você não vai delegar o risco para as ações ou ter que fazer a compra de uma ação: ou você ganha ou você perde.

Porém, existem formas de mesclar essas duas estratégias, transformando uma estratégia perde/ganha em uma estratégia ganha/ganha, aumentando com isso a rentabilidade dessa estratégia.

Um exemplo disso seria pegar uma estratégia de trava de baixa associada a um lançamento sintético.

Vamos realizar a venda de PUT, por exemplo, recebendo R$0,44.

Podemos pegar uma parte deste valor aqui e colocar de risco na estratégia de trava de baixa, onde ganhamos se o mercado vier com a movimentação de queda.

Se o mercado ficar parado, a gente perde R$11, mas ganha R$44, ficando com R$33 de taxa. Se o mercado cair, temos que comprar ação.

Só que se o mercado vem com a movimentação de queda abaixo dos R$46,58, eu tenho um ganho máximo de R$14.

Adicionando esse ganho à estratégia, fechamos com R$0,58 ou R$58 por lote de renda.

Essa é uma estratégia muito interessante para quando o mercado estica demais.

Fizemos isso recentemente com a Petrobras, que estava pagando taxas baixas nas estratégias de lançamento sintético.

Montamos essa estratégia quando o mercado estava esticado, e quando ele corrigiu e entrou em movimentação de queda, tivemos um rendimento de 1,31% em um mês , aproximadamente.

Um outro exemplo foi com o Banco do Brasil.

Montamos a mesma estratégia que, apesar de ainda estra com a posição em aberto, já está rendendo 1,66%.

A próxima estratégia é o Booster Sintético, que alia as estratégias de rendas às estratégias direcionais.

Montamos o Booster Sintético de forma similar ao Jade Lizard, usando uma estratégia de trava de baixa

com um lançamento sintético.

A única diferença é que a ponta vendida da trava de baixa é a mesma para o lançamento sintético.

Usando o exemplo anterior, mas montando um Booster Sintético, a renda gerada seria de R$ 54 e a obrigação de comprar o ativo estaria quando ele atingisse o valor de R$ 45,83, um valor bem abaixo do mercado.

Ele teria que cair bastante.

Além disso, esse é um bom ativo que está sendo negociado por um bom preço, fazendo com o que nosso custo médio de aquisição diminuísse e o nosso risco ficasse atribuído à probabilidade do Banco do Brasil vir à falência, o que é muito difícil de acontecer.

Utilizamos essa estratégia também com a Intel, lá nos Estados Unidos, o que gerou um ganho de 2,69% em menos de um mês.

Essas são as principais estratégias geradoras de renda do ano de 2023, tanto no mercado brasileiro quanto no mercado americano.

A grande diferença é que no mercado americano, temos um maior número de empresas e ativos, com maiores volatilidade e liquidez que, aliados ao vencimento semanal, torna possível gerar ganhos maiores em um menor período de tempo.

Mas me conta, você já investe nos EUA?

 

Aulas sobre o Mercado de Opções

Você pode se interessar

Ações nos EUA: Como encontrar as melhores empresas para investir

Estamos entrando no segundo semestre de 2024 e, se tem uma coisa que todo investidor percebeu,…

Como usar a compra de CALL para ter ganhos exponenciais

Nós falamos bastante sobre estratégias como venda de PUT ou venda de CALL para rentabilizar a…

BABA: a ação que está pagando 2,07% por semana na venda de PUT

Um dos ativos que temos trabalhado bastante no mercado americano é o BABA, da empresa Alibaba.…